IMG-20190429-WA0260.jpg

Ensino bilíngue

        Uma escola bilíngue tem como objetivo, dentre vários, educar crianças no segundo idioma e não apenas ensinar o segundo idioma. Por bilinguismo, entende-se o domínio e o uso habitual de duas línguas de forma fluente. Portanto, bilíngues são pessoas que aprendem e tornam-se competentes em dois idiomas.

       Além da aprendizagem da língua inglesa, os estudantes de uma escola bilíngue se beneficiam da ampliação dos conhecimentos de diversas áreas de estudo, como História, Geografia, Ciências, Literatura, Artes e Matemática. Dessa forma, aprendem na língua materna o currículo de uma escola regular e o aprofundam no segundo idioma.

      Várias pesquisas têm sido realizadas para se testar os resultados intelectuais de crianças bilíngues. Em uma delas, de autoria de cientistas do Reino Unido, publicada pela revista Nature  (http://www.nature.com/articles/srep11704), os resultados foram surpreendentes. Comparou-se, por meio de imagens de ressonância magnética, o cérebro de crianças pequenas expostas a um idioma com o de crianças expostas a dois idiomas. Constatou-se que os bilíngues têm uma densidade maior da chamada “massa cinzenta” na região cerebral conhecida como córtex parietal inferior esquerdo.

      No Harmonia, o ensino em português e em inglês é contextualizado. Assim, as crianças e os jovens aprendem quando atribuem significado ao que fazem. A aprendizagem se dá em condições concretas, com a participação ativa dos estudantes. Por consequência, as línguas são aprendidas em situações sociais e não pela simples memorização e imitação de regras fora de um contexto.